“Nunca se trabalhou tanto por Franca”, diz Deputada Graciela

Fonte: www.folhadefranca.com.br / Link da matéria: Aqui.

Por Carolina Ribeiro

Graciela de Lourdes David Ambrósio, ou apenas Delegada Graciela, acaba de completar dois anos em seu primeiro mandato como deputada estadual. Primeira mulher a ser eleita para o cargo em Franca, Graciela tem como destaque a luta pelos direitos da mulher. Delegada de polícia por 30 anos, sendo 25 deles à frente da Delegacia de Defesa da Mulher de Franca, a deputa conversou com a Folha de Franca sobre sua atuação na Assembleia Legislativa.

Folha de Franca – Quais ações a deputada tem desenvolvido para ajudar no enfrentamento da Covid-19 tanto em Franca como na região?

Deputada Graciela – Desde o começo da pandemia, há um ano, minha prioridade como deputada é ajudar a reforçar a capacidade hospitalar de Franca e cidades da região para garantir o atendimento aos pacientes. Tenho feito constantes cobranças ao governo de maneira presencial, por telefonemas e por meio de ofícios para que a região receba leitos de UTI, respiradores, vacinas e medicamentos.

FF – E quais foram os resultados dessa atuação frente a pandemia?

Deputada Graciela – Conseguimos ampliar os leitos de UTI nas Santas Casas de Franca, Ituverava, Ipuã, Igarapava e São Joaquim da Barra. Outro resultado importante do meu trabalho como deputada estadual foi a decisão do governo de abrir leitos de Covid-19 no AME de Franca. Também conseguimos mais de 30 respiradores. Dez destes aparelhos estão ajudando a salvar vidas no Pronto-socorro Municipal “Dr. Álvaro Azzuz”. Também votei a favor da redução dos salários dos deputados em 30% para que o dinheiro economizado com os cortes seja usado pelo governo para amparar os mais atingidos pela crise provocada pela pandemia. Também estou muito preocupada com a economia. Votei contra o projeto de Lei 529 do governo do Estado que aumentava a alíquota do ICMS dos insumos agrícolas, alimentos e medicamentos.

FF – Como a covid-19 tem influenciado no seu mandato?

Deputada Graciela – A pandemia provocou impactos em todo o mundo e alterou a rotina de todas as pessoas. Com a Assembleia Legislativa não foi diferente. Restrições foram adotadas e passamos a realizar sessões e votações virtuais nas fases emergenciais. Apesar das limitações impostas, seguimos trabalhando e conseguimos avanços importantes. Eu gosto muito do contato com as pessoas, gosto de conversar e de dar atenção, mas, infelizmente, o momento é de restrições. Temos que fazer a nossa parte  para que possamos retomar nossas rotinas em segurança o mais breve possível.

Deputada Delegada Graciela

FF – Quais ações destaca nestes dois anos de mandato?

Deputada Graciela – Neste mês de março, completei apenas dois anos como deputada estadual. Nunca se fez tanto por Franca. Neste período, destinei R$ 8,2 milhões em recursos para Franca. Foram R$ 5,2 milhões o setor de saúde, R$ 2 milhões para recapear ruas, R$ 910 mil para as entidades assistenciais e R$ 160 mil para a segurança pública. Também destinei verbas para serviços diversos para mais de 30 cidades da nossa região.

Tenho trabalhado muito e lutado para trazer os recursos que a nossa região tanto precisa. Dezenas de deputados foram votados em Franca nas eleições passadas. O que eles fizeram pela cidade? Mandaram alguma coisa? Importante que as pessoas façam esta reflexão.

FF – Quais suas prioridades para os próximos dois anos de mandato?

Deputada Graciela – O meu compromisso é com a população. Continuarei trabalhando para buscar os recursos que nossa cidade tanto precisa. Temos que continuar atentos com a pandemia. A saúde continuará sendo prioridade, mas também temos que dar uma atenção à economia.

FF – Aposentados e pensionistas do Estado protestam contra o desconto feito pelo governo nos seus salários. Qual a opinião da senhora a respeito, é possível revogar o decreto?

Deputada Graciela – Sou totalmente contra este decreto que estabeleceu descontos adicionais nas aposentadorias e pensões dos servidores estaduais. Apresentei um projeto de Decreto Legislativo (PDL 23) propondo a revogação dos efeitos deste decreto do governador. Minha proposta ainda aguarda parecer. Também já manifestei apoio público e gravei vídeo com o deputado Carlos Giannazi defendendo a aprovação do PDL 22, que busca sustar o decreto do governador. Faço um compromisso com os aposentados e pensionistas do Estado: votarei a favor do projeto que anula imediatamente os descontos.

Deputada Delegada Graciela

FF – A deputada se destacou como delegada que sempre atuou na defesa das mulheres. Quais ações conseguiu implementar como deputada?

Deputada Graciela – A defesa dos direitos das mulheres é uma missão de vida que desenvolvo há mais de três décadas. Nos dois primeiros anos do mandato, fui a presidente da Comissão de Defesa e Dos Direitos das Mulheres na Assembleia Legislativa. Apresentei um projeto de grande importância, que é o Viva Mulher. Também foi aprovado o projeto de minha autoria denominado “Belas e Empenhadas”, que prevê a capacitação dos profissionais de beleza e estética para que estejam aptos a transmitir informações pertinentes ao combate dos casos de violência doméstica. Também consegui junto ao comando da Polícia Militar de Franca a implantação, em julho do ano passado, da Patrulha Maria da Penha.

FF – O que a população pode esperar da deputada Graciela até o fim do mandato?

Deputada Graciela – Muito trabalho. Ninguém faz nada sozinho. A parceria e o trabalho em conjunto são essenciais. Estou à disposição dos prefeitos, vereadores, entidades e da sociedade em geral para buscar os recursos que nossa região tanto precisa.

FF – Pretende disputar a reeleição?

Deputada Graciela – Acabei de completar apenas dois anos como deputada.  Tenho a metade do mandato para cumprir e há muito trabalho pela frente. Não é momento de falar em eleição. A prioridade é buscar alternativas para tentar reduzir os impactos causados pela Covid. Temos muitos pleitos em andamento no governo do Estado e continuarei batalhando para que os pedidos de investimentos sejam atendidos o mais breve possível.

FF – Como analisa a atuação do Estado e da União no combate da Covid-19?

Deputada Graciela – A falta de planejamento e o conflito de informações foram muito prejudiciais para o efetivo combate à Covid-19. A disponibilidade de vacina aquém das necessidades do País é outra falha grave. A polarização política só atrapalha. Não é momento de divisão. Somente com união e colaboração de todos vamos vencer este terrível vírus.

compartilhe essa matéria:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on skype
Share on email
Share on whatsapp
Arquivo:
Categorias:
Redes Sociais
Última Notícia
Veja Projeto de Lei
REDUZ O VALOR DAS TARIFAS DE PEDÁGIO NAS RODOVIAS ESTADUAIS ENQUANTO PERDURAR O ESTADO DE CALAMIDADE PÚBLICA DECRETADO NO ESTADO EM DECORRÊNCIA DA PANDEMIA DO NOVO CORONAVÍRUS COVID-19
Veja Requerimento
PROPÕE UM VOTO DE PESAR PELO FALECIMENTO EM 12 DE FEVEREIRO DE 2020 DO ILUSTRE JURISTA DAMÁSIO EVANGELISTA DE JESUS
Veja Indicação
INDICA AO SR. GOVERNADOR QUE DETERMINE AO SENHOR DIRETOR GERAL DA ARTESP - AGÊNCIA REGULADORA DE SERVIÇOS DELEGADOS DE TRANSPORTE DO ESTADO DE SÃO PAULO, SEJAM ADOTADAS AS PROVIDÊNCIAS CABÍVEIS, VISANDO À REDUÇÃO DAS TARIFAS DE PEDÁGIO EM 30% (TRINTA POR CENTO) EM TODAS AS PRAÇAS SOB CONCESSÃO NAS RODOVIAS ESTADUAIS, ENQUANTO PERDURAR A PANDEMIA DO COVID-19.
WhatsApp

INTERATIVIDADE

INSCREVA-SE: